Se não tenho idade pra namorar, por que não posso “ficar”?


Se você me perguntar isso, vou dizer que é tudo culpa da concupiscência.
Concupiscência??? O QUE É IIISSOOOOO?????? Esse palavrão significa: inclinação a gozar os prazeres sensuais.
A Bíblia diz: “Eu escrevi, jovens, porque sois fortes, e a Palavra de Deus permanece em vós e já vencestes o Maligno. Não ameis o mundo, nem o que há no mundo… Ora, o mundo passa, e a sua concupiscência, mas aquele que faz a vontade de Deus, permanece para sempre.” (1João 2, 14-17)
Não entendeu ainda? Nada como uma história pra você compreender…

Alexandre e Maria Goretti

Cresceram praticamente juntos: Alexandre e Maria Goretti. A mãe de Maria trabalhava para o pai de Alexandre. Ele tinha 17 anos e ela 13. Os dois eram amigos: conversavam, riam juntos, brincavam.
Mas seguiram caminhos diferentes: enquanto Maria se preparava para sua primeira Comunhão, Alexandre começou a ler novelas e romances que alimentaram sua concupiscência.
Voltado à história… Alexandre começou a perceber que Maria estava ficando moça e a olhar diferente para ela. Seu sorriso foi embora, seu olhar ficou frio, já não pensava em outra coisa e quis “ficar”. E o que ela disse? Não!
Alexandre quis fazer com Maria pior do que nos livros e revistas que lia os casais faziam. Mas ela resistiu. Maria o amava, ele era seu amigo. Era… Que pena.
Ler é uma coisa boa, MAS NEM TODO LIVRO É BOM!
Alexandre gostava de ler e isso é bom. Existem muitos livros legais, divertidos, interessantes… Mas como tudo na vida, a gente tem que saber escolher… Não é porque é livro que é bom, tem livro bom e livro ruim. Tipo: não é porque todo mundo está lendo que eu vou ler, primeiro eu tenho que ver se o livro tem a ver com o que eu penso e tem mais: no tempo de Maria Goretti e Alexandre, o que pegava eram os livros e revistas… Se eu alimento minha alma de coisas boas, fortaleço em mim o que é bom.
A Bíblia diz: “Tudo me é permitido, mas nem tudo me convém.” (Cor 6)
Alexandre não amava mais sua amiga Maria porque a concupiscência é egoísta, não quer o bem do outro. A paixão de Alexandre virou ódio por ela amor a Jesus, não cedia. Num dia, em que os pais dos dois não estavam em casa, Alexandre tentou agarrá-la a força, ela disse:
Não vê que isso é pecado??? Que ofende a Deus! Não!!!”
Cego de paixão e ódio, Alexandre cravou uma faca em Maria, tantas vezes que perdeu a conta. Quando os pais chegaram, ela disse:
Alexandre me matou, mas eu não cedi!”

Essa história seria terrível se terminasse assim…

Antes de morrer, Maria disse: “Eu o perdoo. E o quero comigo no Céu.” Por muitos anos, Alexandre chorou arrependido e precisou Jesus enviar Maria à prisão e dizer a ele:
Alexandre, Deus já te perdoou, Eu já te perdoei, se perdoe também.”
Quando saiu da prisão tornou-se religioso em um convento. Dedicou o resto de sua vida contando a sua história e aconselhando os jovens a escolherem bem suas leituras, a não alimentar uma concupiscência.



Monsenhor Jonas Abib falou especialmente para as jovens e eu não esqueci:
Temos a liberdade dos filhos de Deus, mas nem tudo nos convém. Pelo contrário: a dignidade de filhos de Deus nos obriga. Como filha de Deus você é livre, mas nem tudo te convém. Porque é filha, não pode se deixar escravizar por nada e por ninguém. Você é livre! É filha de Deus!”








Agora você pode assistir à história que eu gravei para a WebTV sobre Maria Goretti…
(O texto desse post, eu tirei de meu novo livro para adolescentes,  que ainda estou escrevendo: “Lindas e Santas“.)


RETIRADO DO BLOG DA TIA ADELITA: HISTÓRIA DOS SANTOS PARA CRIANÇAS

Nenhum comentário: