A história do Natal

Maria havia sido escolhida por Deus para ser a mãe de um Bebê muito Especial.
Para uma moça que vivia naqueles tempos, isso era um desafio muito grande.
Mas Deus conhecia o coração de Maria; sabia quão sincera e fiel ela era.
Maria estava feliz, e ao mesmo tempo muito preocupada. Um bebezinho sempre traz bastante preocupação e despesas. Vocês já viram quando um bebê vai chegar, quantas coisas precisam ser preparadas? José e Maria eram muito pobres, e para complicar ainda mais, ouçam o que José lhe disse...
- Maria, teremos que fazer uma viagem, pois o imperador tem dado uma ordem. Cada pessoa deverá se apresentar na cidade onde nasceu para um recenseamento.
- Ir à Belém! Será lindo fazer essa viagem! Espero somente que o bebê não nasça no caminho.

José e Maria haviam nascido na cidade de Belém, por isso tiveram que viajar para lá, a fim de se apresentarem.
Como essa viagem seria difícil para Maria! Com certeza, José preparou o seu burrinho, quem sabe colocou ali uns panos para ficar mais macia a sela e assim Maria não se cansasse tanto durante a viagem.
Depois de alguns dias, conseguiram chegar à Belém. Como desejavam uma caminha macia para se deitarem! Mas a cidade estava cheia de gente. Todas as hospedarias, os hotéis daquele lugar estavam cheios. Não havia sequer um lugarzinho a mais.
Depois de muito procurarem, encontraram alguém que teve pena de Maria já tão perto de ganhar seu Bebê e ofereceu um lugar para o casal. Mas sabem que lugar era esse, crianças? Era uma estrebaria. Eu imagino Maria que sempre estava de bom humor, pensando: Afinal, Davi foi pastor antes de ser rei.
Como José desejava um lugar melhor. Estenderam cobertas em um cantinho e, quem sabe, quando já estavam começando a dormir, Maria acordou um pouco assustada. Ela deve ter chamado:
- José, José! O nosso bebê vai nascer!
E antes que tivessem muito tempo para pensar, ouviram logo o choro do bebê. Havia nascido o Salvador.
Não havia roupinhas para Ele, nem bercinho macio ou um carrinho bonito, como os bebês têm hoje. Maria O embrulhou em um paninho limpo.
Cobriram a manjedoura que estava cheia de capim, para os bezerrinhos comerem e ali deitaram o precioso bebê.
Só então puderam repousar um pouco, mas logo foram acordados novamente, porque enquanto o bebê nascia, anjos haviam avisado aos pastores que cuidavam das ovelhas nos campos, que o Bebê Especial nascera, e eles rapidamente vieram para ver Aquele que por tanto tempo haviam esperado.
Agora vamos montar um lindo presépio?

Nenhum comentário: